Tuesday, June 28, 2011

GO BACK

TO  WHERE YOU COME FROM.

Volte ao lugar de onde veio eh o nome de um documentario sobre refugiados que estava passando na SBS.
O problema com os refugiados, "asylum seekers" aqui na Australia esta causando muita polemica e muitos dos aussies nao gostam muito dessa "invasao" que esta ocorrendo agora.


Centenas chegam aqui em barcos como foi o caso do barco cheio de " asylum-seekers" que  bateu nas pedras em Christmas Island em Janeiro. 45 pessoas sobreviveram mas 30 morreram. Eles vem de toda parte: Asia, afeganistao , Iraque, Africa. Todos fugindo das horriveis condicoes em seus paises.


Em marco outra  highlight nos jornais envolvendo os "refugiados" no Christmas Island detention centre. Frustrados pela espera da decisao se eles serao aceitos na Australia ou nao, os detentos-asylum-seekers, colocaram  fogo no detention centre. 200 refugiados estavam envolvidos no  protesto cheio de violencia.

xmas_island_b_110318_sky_1317487547
Dai eu me pergunto:  Essas pessoas que usam da violencia para conseguir atingir os seus objetivos merecem morar aqui??? Para mim NAO!
Eh claro que nao podemos generalizar. Cada caso eh um caso e o buraco em bem,mais bem la em baixo.
E acredito que alguns merecem uma segunda chance.

Entao, voltando para o documentario Go back to where you come from. Ele mostra o outro lado. O lado dos refugiados.



6 australianos de idades e origens  diferentes embarcam numa viagem de 25 dias rumo ao desconhecido.
Sem dinehrio, passaporte, telefone, eles   vivem com e como os refugiados.
E eles passam pelos tenebrosos barcos, sao resgatados na Malasia e conehcem os campos de refugiados no Quenia e na Jordania e vao ver a guerra com os proprios olhos no Congo e Iraque.
E voltam depois de 25 dias "de tapas na cara" com uma visao diferente sobre os refugiados.
Especialmente a menina Raquel. Que no comeco se diz racista e nao  gostar dos refugiados. No final ela da o braco a torcer e diz "estar mudando".




2 comments:

Mari said...

Por isso é que quero correr atrás pra conseguir ir pra aí do modo como deve ser... sei que é difícil, que os requisitos são muitos, mas estou fazendo o possível... o preconceito para os legais tbm é grande?
Beijos,
Mari
http://www.comofiqueimagra.blogspot.com

Nadia said...

Preconceito com quem vem pra legalmente nao existe. Mas gente ignorante existe em todo lugar, ne?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...